Brasil é o país que mais sofre fraudes bancárias virtuais, aponta pesquisa

O Brasil é o maior alvo da propagação de arquivos nocivos, como malwares e trojans, voltados para o roubo de dados bancários. A constatação faz parte de um levantamento feito pela ESET. Segundo a empresa, que atua na área de segurança digital, arquivos desse tipo se disfarçam de outras ferramentas, mas instalam – sem o conhecimento do usuário – programas capazes de realizar vários tipos de fraudes.

Conforme os dados apontados no levantamento, a propagação desses arquivos acontece principalmente “por meio de engenharia social, a qual tem como objetivo enganar a vítima para que ela permita a instalação do malware em seu computador”. A empresa ainda informa que a maneira mais comum de distribuição desses códigos são campanhas de phishing, onde são enviados e-mails com links ou anexos maliciosos para milhares de usuários, tentando induzi-los a clicar neles.

“Essa ameaça reforça uma questão importante, que é a educação dos usuários na internet. As pessoas precisam estar cientes desse tipo de ataque e tomar cuidado ao abrir e-mails de remetentes desconhecidos”, alerta o gerente da ESET Brasil, Camillo Di Jorge.

Como forma de evitar esse tipo de golpe, é sempre recomendável ler com atenção as mensagens recebidas por e-mail, e desconfiar de mensagens inesperadas, que demandam ações imediatas. Outra maneira de manter os computadores protegidos é utilizar uma solução antimalware atualizada. Além disso, é recomendável utilizar uma proteção de firewall e inspeção de acesso web.

Envie o seu comentário

Por favor, digite seu nome

Digite seu nome

Por favor, insira um endereço de e-mail válido

Digite um endereço de e-mail

Por favor, digite a sua mensagem

Revista Security © 2017 Todos os direitos reservados

Grupo Cipa Fiera Milano | Avenida Angélica, 2491 – São Paulo – Brasil - Tel: +55 11 5585.4355