Taxa de mortes violentas no Rio de Janeiro é a mais alta desde 2009

Além da crise político-econômica, o Rio de Janeiro enfrenta também um aumento da taxa de criminalidadde, especificamente em relação a mortes violentas. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão ligado ao governo estadual, o índice de crimes com mortes violentas é o mais alto desde 2009. O levantamento, divulgado pela Folha de S. Paulo, inclui homicídio intencional, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e homicídio após oposição à intervenção policial.

Em 2016, foram 6.248 casos, 37,6 por 100 mil habitantes, maior índice em sete anos. Só a Baixada Fluminense concentra 33% dos crimes. Em uma comparação com os dados registrados em 2012, “melhor” ano da série histórica do ISP, que começa em 1991, são 1.582 casos a mais. Por outro lado, a quantidade está abaixo dos 8.631 registrados em 1994, “pior” ano da série.

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo jornal, a situação está se agravando em 2017. No primeiro trimestre, a letalidade violenta aumentou 26% em relação ao mesmo período de 2016; as mortes em operações policiais subiram 85%; as vítimas de homicídios dolosos, 18%.

Envie o seu comentário

Por favor, digite seu nome

Digite seu nome

Por favor, insira um endereço de e-mail válido

Digite um endereço de e-mail

Por favor, digite a sua mensagem

Revista Security © 2017 Todos os direitos reservados

Grupo Cipa Fiera Milano | Avenida Angélica, 2491 – São Paulo – Brasil - Tel: +55 11 5585.4355