Home Artigos Câmeras inteligentes: uma tendência para 2016
0

Câmeras inteligentes: uma tendência para 2016

0
0

Por Sergio Fukushima, gerente técnico da Axis Communications

O maior condomínio multissetorial do Brasil, que ocupa 2,8 milhões de metros quadrados no Distrito Industrial de Joinville (SC), acaba de adotar um sistema de leitura de placas nas áreas de entrada e saída de veículos. As câmeras, junto com um software de videomonitoramento, liberam a cancela doPerini Business Park em questão de segundos, sem o envolvimento de qualquer operador. É o começo de uma tendência na área de segurança que deve se fortalecer no ano que vem: o uso de câmeras inteligentes.

As câmeras de videomonitoramento digitais, ou IP, continuam substituindo instalações de CFTV analógicas, dentro de um processo natural de migração tecnológica. Enquanto ocorre a migração, cresce a demanda por funcionalidades mais avançadas – até porque é impossível acompanhar todas as câmeras em detalhe 24h por dia. Elas precisam ser capazes de detectar atos suspeitos e gerar ações automáticas.

Avanços em qualidade de imagem, processadores de alto desempenho e algarítimos de software aperfeiçoados têm aberto o caminho para isso através de softwares analíticos de vídeo – que, além de exibir as imagens num video wall ou nos monitores de um centro de controle, também analisam a cena em busca de evidências.

É isso o que faz o sistema do condomínio Perini Business Park. De forma geral, os analíticos de vídeo permitem às empresas e às polícias darem sentido à vasta quantidade de imagens que as câmeras produzem. Eles podem gerar alertas e ações automáticas em tempo real, criar avisos prévios, ajudar a apontar informações importantes contidas no streaming de vídeo através de metadados, e contribuir com inteligência e discernimento.

Especialista em pesquisa de mercado, a MarketandMarkets* prevê que, até 2020, o mercado de analíticos de vídeo vai valer US$ 3,971 bilhões – mais que o dobro dos atuais US$ 1,5 bilhão em 2015. A perspectiva é de avanço ano a ano.

Em aeroportos, por exemplo, é cada vez mais comum a adoção de câmeras que fazem reconhecimento facial. As imagens são cruzadas em poucos segundos com bases de dados – por exemplo, uma lista negra da Polícia Federal – e as equipes de segurança ficam alertas desde a hora do check-in.

Outras aplicações de analíticos de vídeo disponíveis atualmente incluem desde detecção de movimento até alarmes contra violação de câmeras, contagem de pessoas e invasão de áreas delimitadas. Cada vez mais, analíticos de vídeo são também usados para fins de Business Intelligence, por exemplo, para analisar o comportamento de consumidores e melhorar a experiência de compra no varejo.

Mesmo quem ainda não está instalando analíticos já está interessado, e leva isso em consideração ao adotar novas câmeras. Ao abrir sua primeira loja no Uruguai, as lojas Sodimac colocaram um sistema de contagem de pessoas, e as câmeras estão preparadas para processar mais analíticos no futuro. O Mercado D’avó, no Brasil, embora ainda não utilize analíticos, planeja adotá-los no futuro e já comprou câmeras IP adequadas a esse propósito. No ano que vem, novas instalações devem ser anunciadas em shoppings, centros esportivos e estradas.

Resolvendo desafios reais

Essa lista de locais com câmeras inteligentes pode ser bem maior. Na verdade, as aplicações de analíticos de vídeo podem ser utilizadas sob medida para servir aos mais diversificados requisitos numa ampla gama de câmeras de rede. Elas podem ser ajustadas para se adaptar à maioria das situações e cenários de uso – muitas câmeras oferecem uma plataforma aberta de desenvolvimento de aplicaticos, pensando justamente na integração de soluções de terceiros.

De acordo com o amadurecimento das tecnologias de analíticos de vídeo, deveremos ter, já no ano que vem, uma oferta maior de soluções adaptadas, fáceis de instalar e de baixo custo. Há uma variedade de aplicações inteligentes ganhando terreno, e 2016 promete deixar essa mudança mais evidente.

* “Video Analytics Market by Type (Hardware, Video Analytics Software, and Services), Applications (Intrusion Management, Crowd Management, Situation Indication, License Plate Recognition, Pattern Recognition) – Global Forecast to 2020”, MarketsandMarkets, June 2015

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *