Home Notícias Empresas negligenciam estratégia de segurança em dispositivos móveis, diz estudo
0

Empresas negligenciam estratégia de segurança em dispositivos móveis, diz estudo

0
0

A mobilidade já é considerada prioritária para os negócios de muitas empresas brasileiras, conforme comprova o estudo “Mobilidade e Segurança nas empresas”, encomendado pela Citrix. Os resultados mostraram que 63% das 120 empresas de todos os portes, dos setores de indústria, comércio e serviços, ouvidas no País consideram o uso de dispositivos e aplicações móveis muito importante dentro da sua área de atuação, seja para aumento da produtividade de seus funcionários, seja para o melhor atendimento de seus clientes. Mas apenas 39% delas possuem políticas para implantação e gestão da mobilidade. Além disso, embora 16% já destinem parte do seu orçamento para este fim, o percentual destes recursos dedicado à segurança é ínfimo: 13%. Mais da metade (63%) das empresas entrevistadas não possui uma estratégia formal de segurança.

Os investimentos em segurança seriam destinados para a superação do que os entrevistados brasileiros consideram a maior barreira na implantação dessas iniciativas: a falta de controle de segurança nos dispositivos móveis. No País, 85% dos entrevistados consideram o controle de acesso às aplicações o aspecto mais preocupante quando se fala em acesso remoto. O acesso ao sistema por usuários externos para roubar propriedade intelectual é considerado a principal ameaça à segurança móvel das empresas brasileiras.

O estudo questionou como é feito atualmente o gerenciamento de acesso de usuários remotos e a distribuição de dados sensíveis dentro da empresa. No Brasil, o uso de Tecnologias Mobile Device Management não está entre as prioridades dos tomadores de decisão do negócio, ocupando a 8ª posição. Quem liderou as respostas foi o controle de acesso a aplicações, redes e dados de acordo com o tipo de usuários.

“O pessoal de segurança já percebeu que proteger apenas o dispositivo não é eficiente. Enxergamos aí uma oportunidade para oferta de soluções de Mobile Aplication Management que possam, de fato, proteger a propriedade intelectual das empresas”, afirma Luís Banhara, diretor geral da Citrix no Brasil. Soluções que garantam acesso instantâneo a aplicativos, desktops, dados, meios de comunicação em qualquer dispositivo, rede e nuvem, capazes de gerir milhares de dispositivos através da criação de uma bolha (container) de segurança para cada aplicação corporativa. Especialmente em relação aos aplicativos web.

Esse tipo de solução seria eficaz também para atender outros desejos dos usuários em relação à mobilidade, como ganhos de produtividade, redução de custos operacionais, aumento da satisfação dos colaboradores e, por conseguinte, retenção de talentos. De acordo com o estudo, o acesso de qualidade e o desempenho da rede são considerados fundamentais para as empresas brasileiras, bem como garantir bom atendimento e disponibilidade de um help desk quando necessário.

Dados do estudo "Mobilidade e segurança nas empresas" - Citrix
Dados do estudo “Mobilidade e segurança nas empresas” – Citrix

 

Fonte: CIO

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *