Home Eventos EXPOSEC 2018 – Startups trazem ideias criativas para o setor de segurança
0

EXPOSEC 2018 – Startups trazem ideias criativas para o setor de segurança

0
0

Identificar sons e gerar um alerta, podendo inclusive orientar uma câmera de vídeo para que registre imagens da ocorrência. Esse é o sistema desenvolvido pela Áudio Alerta, startup da grande São Paulo, que participa da Ilha de Startups ABESE na Exposec.

Segundo Ivo Frazão, diretor da Áudio Alerta, o equipamento é capaz de classificar todos os sons do ambiente e selecionar apenas aquele que foi determinado na programação. “Podemos instalar o sistema em um cruzamento de ruas para gerar alerta de um choque de carros, por exemplo. Integrado a uma câmera de vídeo, conseguimos também obter imagens do acidente e enviar o alerta para o departamento de trânsito”, explica Frazão.

O equipamento também pode ser utilizado em ambientes internos, em empresas ou residências, para gerar o alerta no caso de arrombamento ou quebra de janela. “Aí o sinal será enviado para o empresário ou departamento de segurança. Na residência, para o proprietário.”

Já a Tranpo é uma plataforma virtual para a prestação de serviço de instalação e manutenção de equipamentos por demanda. A ferramenta foi desenvolvida pelo técnico Edson Pacheco, que também participa da Exposec. O sistema funciona através de um aplicativo onde o cliente envia uma OS (Ordem de Serviço) para a plataforma. O técnico que acessar esse pedido irá realizar o serviço. “O contratante lança os dados do que precisa que seja feito e nós fazemos o resto”, explica Pacheco.

Para garantir a qualidade e a eficiência do serviço, a plataforma disponibiliza um chat onde o técnico e o contratante mantêm contato, em tempo real, para troca de informações e para sanar dúvidas. “Não mantemos contrato com os clientes. Atendemos de acordo com as necessidades deles”, explica. Pacheco garante, no entanto, que o sistema tem garantido fidelização dos clientes. “A maioria nos envia serviços constantemente, mesmo não havendo um contrato entre nós.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *