Acordo de cooperação reforça monitoramento no Amazonas

0

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Foto: LINDEMBERG-CAVALCANTE-9-e1444162651902-300x205
Foto: Lindemberg Cavalcante

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e o Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Amazonas (Sindesp) assinaram o primeiro acordo de cooperação que integra novos sistemas de monitoramento de câmeras voltados para espaços públicos ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). A medida é inédita no País e tem a expectativa inicial de coibir crimes praticados em vias públicas, com o monitoramento de até 250 novos pontos, duplicando a capacidade de visualização de espaços públicos.

O acordo, assinado no Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM), no Aleixo, zona Centro-Sul, é resultado do edital de chamamento público lançado em agosto, que visa credenciar entidades representativas interessadas em integrar imagens de seus circuitos de monitoramento privado ao sistema de monitoramento, segundo explicou o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes.

Para o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, Dan Câmara, por meio do acordo com o Sindesp, o Estado está ampliando a capacidade de visualização de imagens do Centro Integrado de Comando e Controle, o que garantirá mais segurança para a população de modo geral. Ele explica que, a partir da assinatura do termo de cooperação, as empresas vinculadas ao Sindicato poderão fazer a migração dos sistemas, de acordo com as necessidades técnicas.

Durante a assinatura do acordo, o secretário anunciou que até o final do ano será lançada uma licitação para substituição das atuais câmera por equipamentos mais modernos, inclusive com tecnologia de reconhecimento de imagem.

Deixe uma Resposta

CREDENCIAMENTO DISPONÍVEL

Garanta sua credencial gratuita e participe do evento mais esperado para o setor de segurança na América Latina.
CREDENCIE-SE J!
close-link