França investirá 1 bilhão de euros para criar exército de hackers

0

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O governo francês pretende investir até 1 bilhão de euros no treinamento de jovens hackers até o fim de 2019, segundo informações publicadas pela agência de notícias Reuters. O plano do país é criar um exército de espiões cibernéticos talentosos para combater os esforços de desestabilização digital. Os passos nesta direção já estão sendo dados, pois dezenas de exercícios e testes foram realizados nos últimos meses para encontrar pessoas com o perfil adequado.

“As ameaças vão crescer e a frequência e sofisticação dos ataques está aumentando sem descanso”, disse o ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian, em dezembro, depois de desvelar o novo comando operacional cibernético do exército. “O próximo desafio na defesa cibernética não será apenas detectar os ataques, mas continuar nossas operações militares em meio a um ataque cibernético, enquanto usamos o ciberespaço para lançar nossas próprias operações”, completou.

O “quarto exército”, como tem sido chamado, deverá ser composto por 3.200 soldados digitais. Há seis anos, apenas 100 militares eram treinados para esse tipo de função.

Deixe uma Resposta

CREDENCIAMENTO DISPONÍVEL

Garanta sua credencial gratuita e participe do evento mais esperado para o setor de segurança na América Latina.
CREDENCIE-SE J!
close-link