Guarda Municipal do RJ e MPT firmam parceria com foco na saúde mental de agentes

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) e o Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) firmaram um acordo de cooperação técnica com o intuito de realizar soluções conjuntas para questões sobre saúde mental e qualidade laboral aos agentes.

Dentre as atividades está em conscientizar e multiplicar informações aos gestores sobre a necessidade de elaboração de uma política institucional de assistência à saúde mental dos agentes de segurança pública, formando uma rede integrada de assistência com apoio de todos os atores envolvidos no acordo.

 

Saúde mental

 

“Em alguns momentos, também deixamos nossas famílias de lado para atender as demandas da nossa cidade. Por isso, entendemos que dar esse tipo de suporte aos agentes, buscando zelar pela saúde mental deles, é essencial. Para nós, é muito gratificante a parceria”, celebrou o inspetor geral José Ricardo Soares, comandante da corporação, durante a assinatura do termo, em novembro, na sede da GM-Rio, em São Cristóvão.

Fábio Goulart Villela, procurador-chefe do MPT-RJ, Cynthia Maria Simões Lopes, procuradora regional do trabalho, e Samira Torres, procuradora do trabalho também formalizaram o acordo. As ações firmadas se somam com as já desenvolvidas pela instituição através da Coordenadoria de Valorização do Servidor (CVS). O Instituto de Pesquisa em Políticas Econômicas e Sociais (IPPES), a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSFPD) também são parceiros, informa nota da prefeitura do RJ.

 

Foto: divulgação

Comentários estão fechados.