Sistema moderno de videomonitoramento reduz em 70% incidentes de segurança em estações de trens no Recife

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Dados do departamento de segurança da CBTU REC – Companhia Brasileira de Trens Urbanos em Recife, apontam redução de 70% no número de ocorrências de delitos nas estações da companhia, após a instalação de um sistema videomonitoramento robusto, que envolve mais de 1300 câmeras, infraestrutura de cabeamento ótico, ativos de rede, infraestrutura de TI com servidores de armazenamento de imagens por 30 dias, além da integração a um software de gerenciamento de imagens ISS, e montagem de sala inteligente de monitoramento para todo o sistema em escala 24×7.

Esta megaestrutura, acelera as respostas aos incidentes, favorecendo a interação com as forças adicionais, como Polícia Militar e Samu, às operações das linhas férreas. A solução analítica é da Avantia e está presente em 29 estações da linha elétrica e mais nove estações da linha Diesel de trens, contribuindo com a segurança de passageiros, funcionários e patrimonial da cidade.

 

Gestão da segurança

 

Atualmente, as estações contam com mais de mil câmeras que monitoram cerca de 24 km de vias, além das áreas totais das estações e funcionam como apoio ao departamento de gestão de segurança. “Antes, as estações faziam o monitoramento da chegada e partida dos trens, e a segurança dos usuários e patrimônio era realizada de forma presencial, por profissionais. As câmeras vieram para somar esforços e ampliar a cobertura da vigilância, o que colabora tanto para inibir práticas delituosas como para o atendimento mais ágil de ocorrências”, pontua Bruno Carvalho, diretor comercial para o Setor Público, da Avantia.

O executivo conta também que outros serviços inovadores no âmbito da segurança estão em pauta, o que beneficiará e muito o sistema de transporte público da cidade.

Comentários estão fechados.