Vem aí uma certificação nacional para cidades inteligentes

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O que, afinal, caracteriza uma cidade inteligente? E como medir o grau de “inteligência” de um município? Em breve, essas questões serão respondidas por uma certificação em desenvolvimento pelo Parque Tecnológico São José dos Campos, numa parceria com a prefeitura dessa cidade paulista e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A previsão é de que o instrumento seja lançado em até oito meses.

A Certificação Nacional para Cidades Inteligentes, Resilientes e Sustentáveis não visa medir somente o grau de soluções high tech presentes em um planejamento urbano, como sistemas de videomonitoramento de última geração. Segundo os responsáveis pelo projeto, serão considerados múltiplos aspectos que favorecem a eficiência e a qualidade de vida num município, da disponibilização de agendas e serviços eletrônicos até a infraestrutura para mobilidade.

>> Emissão de certificação digital como medida de segurança nas transações públicas e privadas no Brasil

>> Setor de rastreamento de entregas urbanas passa por mudanças

>> Setor de rastreamento de entregas urbanas passa por mudanças

Ainda de acordo com os autores, a certificação não tem o objetivo de funcionar como um ranking, mas sim fornecer indicadores para balizar planejamentos das cidades – bem como estimular investimentos em soluções pelo setor privado.

A certificação está sendo formulada com o apoio de um projeto-piloto em São José dos Campos. O projeto é orientado por normas ISO e inspirada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. A meta é estimular o conceito de cidade resiliente, isto é, com planos de melhorias continuados e sustentáveis.

Saiba mais sobre o projeto:

https://www.sjc.sp.gov.br/noticias/2021/abril/14/sao-jose-sera-certificada-como-cidade-inteligente-pela-abnt/

Comentários estão fechados.