Empresas brasileiras aumentam receita em 21% com ajuda de análise de dados na tomada de decisões

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

As empresas brasileiras que investiram em análise de dados para aprimorar a tomada de decisões tiveram, em média, aumento de 21% nas receitas. O estudo foi realizado pela consultoria IDC, encomendada pela Qlink, multinacional referência em data analytcs. Participaram do estudo 1.200 líderes de negócios de diferentes empresas, em 11 países.

O levantamento apresentou outros dados, além do crescimento da receita. As empresas brasileiras também detectaram melhorias de 20% no lucro, 16% na eficiência operacional e 24% na retenção de funcionários. Em relação ao desempenho, os avanços relatados estão relacionados com investimentos em gerenciamento e análise de dados. E cerca de 71% das organizações afirmam que identificam e coletam a maioria dos dados potencialmente valiosos em toda a operação.

Dentre os principais desafios na execução de análise de dados estão investimento na tecnologia certa, apresentação de forma clara e persuasiva, localização e conexão com os dados necessários, encontrar talentos e recursos responsáveis pelas análises e garantir a interpretação correta e precisa dos dados coletados.

Para as empresas brasileiras que passaram a contar com o suporte de análise de dados e não obtiveram aumento em suas receitas, entre os principais motivos estão: baixa qualidade dos dados analisados, modelos de análise inconsistentes e a indisponibilidade de dados para análise em tempo hábil.

Comentários estão fechados.