Plataforma gratuita informa se dados empresariais foram vazados

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os primeiros dados de 2021 indicam que, durante o primeiro trimestre deste ano, foram vazados cerca de 40 milhões de credenciais de pessoas jurídicas, fato que tem deixado as empresas em alerta. Essas informações podem ficar expostas durante anos, sendo impossível saber por quanto tempo, por quem e quantas vezes elas foram compartilhadas, divulgadas ou comercializadas.

Para saber se os seus dados foram envolvidos nesse megavazamento, pequenos empresários e empresas podem consultar, gratuitamente, o site https://dadosexpostos.com.br/ e descobrir se o CNPJ foi exposto, quais dados estão circulando e o que fazer em cada caso. O objetivo da plataforma é garantir a segurança das empresas e reduzir riscos de segurança já que, a partir de informações como CNPJ, razão social, nome fantasia, entre outros, os criminosos podem cometer fraudes eletrônicas, criar sites e perfis falsos nas redes sociais e, até mesmo, conseguir empréstimos.

“Sabemos da importância de oferecer um site 100% seguro e acessível a todos empreendedores, para que não corram mais riscos ao colocarem as informações importantes da sua empresa em uma plataforma que pode conter falhas. A grande maioria das empresas e dos microempreendedores ainda não sabe como proceder após terem seus dados vazados. Nosso objetivo com o ‘Dados Expostos’ é instruí-los para que saibam como reagir e como evitar novos golpes digitais, que podem levar a grandes prejuízos financeiros”, explica Fabio Ramos, CEO e fundador da Axur, empresa de monitoramento de riscos digitais, desenvolvedora da plataforma.

Vale lembrar que a partir de agosto, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), entra em vigor e prevê penalizações que vão desde sanções administrativas a multas milionárias por incidentes de infrações à privacidade das empresas responsáveis.

Comentários estão fechados.