A importância de utilizar fontes de alimentação de qualidade em projetos de segurança eletrônica

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

* Por Eduardo Mori

Nobreaks, protetores eletrônicos e fontes de alimentação são alguns dos produtos frequentemente utilizados em projetos de segurança eletrônica para proteger equipamentos contra surtos elétricos e picos de tensão. Muitos profissionais da área, no entanto, desconhecem a importância de utilizar fontes de alimentação de qualidade para também garantir o bom funcionamento desses equipamentos.

As fontes de alimentação, também conhecidas como conversores estáticos, transformam a tensão elétrica alternada (AC) entregue pela concessionária de energia na tensão contínua (chamada de DC) de que o equipamento necessita. Assim, a energia que chega nas tomadas da sua casa ou empresa em 110 V (Volts) ou 220 V é transformada em tensões como 5 V e 12 V.

Além disso, a fonte entrega a corrente de que o equipamento precisa para funcionar. Ela está relacionada à potência do equipamento e é medida em ampères (A). De forma geral, a finalidade das fontes é converter a energia e alimentar os aparelhos de maneira eficiente e segura.

Vários equipamentos necessitam de uma fonte de alimentação para funcionarem plenamente como, por exemplo, as câmeras de segurança eletrônica. Se a fonte usada não for de boa qualidade, as imagens e o sistema de segurança podem ficar comprometidos.

Alguns produtos disponíveis no mercado são multiuso e servem também para outras aplicações. Equipamentos que operam em 12 V, como controles de acesso, sistemas de rede, automação residencial e fitas leds, também podem e devem ser alimentados por fontes.

Atualmente, existe no Brasil um grande volume de fontes de alimentação genéricas, sem garantia de qualidade, e que podem deixar pequenos e grandes projetos de segurança completamente vulneráveis. Além disso, as tendências do mercado de CFTV apontam para câmeras com imagens cada vez mais nítidas. Por isso, a utilização de produtos confiáveis torna-se prioridade, uma vez que uma fonte de má qualidade pode interferir no desempenho e percepção de ruído, e das imagens captadas pelo sistema de segurança.

Para o correto funcionamento do sistema de CFTV, além da escolha de uma boa fonte de alimentação, é importante atentar para a escolha do cabo de alimentação. Um cabo de má qualidade pode interferir na definição da imagem, além de reduzir a distância de transmissão do sinal.

Isso porque os sistemas de CFTV podem ter cabeamento acima de 50 m. Nesses casos, quando os cabos e a fonte não são de boa procedência, a tensão é dissipada, afetando o funcionamento da câmera.

Os benefícios trazidos pela utilização de fontes de alimentação de qualidade incluem ainda a proteção total contra curto-circuito, sobrecarga e sobretensão e a alta durabilidade desses produtos.

Modelos

Existem diversos modelos de fontes de alimentação, que são indicados para situações e projetos diversos. Detalho-as a seguir:

  • Fontes fixadas em parede (wallmount): com tamanho compacto, são indicadas para instalação individual e ideais para régua de tomada. Elas são práticas, simples e fáceis de usar nas mais diversas aplicações 12 V;
  • Fontes desktop: são indicadas para instalação individual ou centralizada e, dependendo da corrente, podem alimentar até 10 câmeras HD;
  • Fontes desktop sem pino permitem ligação direta na fiação elétrica, atendendo instalações em ambientes sem proximidade de tomadas, como forros de teto, postes ou, ainda, para uso em caixa de passagem 4″x2″;
  • Fontes de alimentação multissaídas permitem a conexão de mais equipamentos na saída, sem adaptações e têm tensão ajustável para permitir maiores distâncias de instalação. Fontes de qualidade geralmente possuem case em plástico e selado, suporte e fixação na parede e tampa para proteção contra sujeira e umidade nos contatos elétricos;
  • Fontes metálicas (colmeias) permitem conexão das câmeras diretamente na fonte e podem ser fixadas em parede ou trilho DIN em racks. Além disso, têm tensão de saída ajustável, permitindo instalação a maiores distâncias.

Como você deve ter percebido, a fonte de alimentação possui uma enorme importância, principalmente para projetos de CFTV. Por isso, é necessário direcionar maior atenção a esse item na hora de fazer um upgrade ou montar um projeto de segurança eletrônica.

Uma orientação comum, mas essencial na compra de qualquer produto: pesquise. Dê preferência por modelos de marcas conceituadas e tradicionais, que fornecem todos os detalhes de seus produtos, garantia, pós-venda e bom atendimento ao cliente.

E lembre-se: fontes de alimentação genéricas devem ser evitadas a todo custo – é o clássico paradigma do barato que sai caro.

Eduardo Mori é Analista de Produtos e Negócios de Fontes da Intelbras.

Comentários estão fechados.