Aplicativo de videochamada Zoom agora conta com criptografia ponta a ponta

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A pandemia do novo coronavírus atingiu em cheio diversas empresas e negócios, mas algumas se beneficiaram de uma dinâmica marcada por distanciamento social, reuniões à distância e intenso uso de tecnologia. Uma delas você certamente conhece – e talvez só tenha vindo a conhecer este ano: o Zoom.

O crescimento dessa ferramenta de videoconferência foi estrondoso. O número de usuários, na comparação com o ano passado, aumentou em 30 vezes; já a receita gerada, quadruplicou. A repentina popularidade trouxe diversos questionamentos sobre a privacidade e a segurança do app, que a empresa responsável por seu desenvolvimento, a Zoom Video Communications, vem aos poucos respondendo.

Uma das novidades, implementadas em meados de outubro, é a criptografia ponta a ponta. Ela faz com que os dados de uma conversa só possam ser acessados pelos extremos da comunicação, ou seja, o remetente e o destinatário. O software, vale ressaltar, já contava com criptografia antes, mas as chaves de segurança ficavam hospedadas nos servidores do Zoom. Isso, em tese, poderia permitir que um funcionário ou mesmo uma organização privada ou estatal acessassem o conteúdo trocado.

O novo recurso, por ora, não é ativado por padrão. Para ativá-lo, é preciso seguir as seguintes etapas:

  • Faça o login no Zoom pelo browser;
  • Clique em seu perfil;
  • Na barra do lado esquerdo, selecione “Configurações”;
  • Clique em “Em Reunião (Básico)”;
  • Ative “Criptografia ponta a ponta”.

Ao ativar, você perde algumas funções de conversa, como gravação em nuvem, transcrição ao vivo e reações à reunião. Portanto, caso precisa de uma delas, é melhor deixar o recurso de lado por enquanto. Para saber se a sua reunião está protegida com o novo protocolo, observe o canto superior esquerdo da tela. Lá deve aparecer a imagem de um escudo verde com um cadeado fechado em seu interior – sem o cadeado, significa que a criptografia antiga está sendo utilizada.

Segundo o Zoom, esta é tão somente a primeira fase de um lançamento em quatro etapas que terminará em 2021. Quando tudo estiver concluído, tanto as contas pagas quanto as gratuitas terão acesso à criptografia ponta a ponta, e as salas poderão contar com até 200 pessoas fazendo uso da tecnologia.

Comments are closed.