Como a tecnologia de controle de acesso traz segurança na retomada de escolas e faculdades?

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

*Por Marcos Torres

O controle de acesso automatizado tem a função de permitir, ou não, o ingresso de pessoas em um determinado lugar, por meio de alguns sistemas automatizados que aumentam a segurança. Esse tipo de automação permite que o controle seja feito de maneira automática, categorizada, impessoal e inteligente. Eis alguns exemplos:

Catracas

Através de Cartões de Código de barras, qualquer pessoa pode adentrar em um espaço delimitado e percorrer até outra passagem com controle. Essa tecnologia evoluiu e hoje, temos o QR Code, que pode ser lido até através da câmera de um celular;

Acesso por proximidade

Também temos os Cartões de Proximidade, onde a identificação é feita através de rádio frequência ou simplesmente RFID, que é um método utilizado para recuperar informações armazenadas em um TAG, que pode ser um cartão ou uma capsula contendo um chip e uma antena, muito comuns em cartões de passagem de ônibus, pedágio e microchips implantados em pessoas ou animais;

Biometria

Os sistemas de identificação biométricos são hoje uma das tecnologias mais seguras para o controle de acesso, possibilitando identificar pessoas através da leitura da impressão digital, que é única em cada indivíduo;

Reconhecimento Facial

Uma tecnologia de validação que evoluiu consideravelmente nos últimos anos, e segue ganhando força com o uso em Smartphones. Esta tecnologia consiste em mapear a imagem do rosto de um indivíduo, gravando as distâncias entre pontos específicos, baseando-se pelos olhos, boca e nariz.

Além dos benefícios de Segurança Eletrônica para o acesso de alunos, funcionários e terceirizados, vale destacar a redução de custos em um projeto. Não se trata somente da modernidade de equipamentos novos e da redução de tempo no controle de acesso, levando em conta todas as pessoas envolvidas na validação do acesso, mas sim uma automatização efetiva com controle integrado. Um projeto bem elaborado de controle de acesso nas escolas e faculdades reduz, além do tempo, equipamentos e infraestrutura, representando uma diminuição significativa de insumos e manutenção.

De fato, o monitoramento de entradas e saídas em um ambiente com controle de acesso, traz diversos benefícios para a instituição. Um deles é o uso da inteligência artificial para monitorar contagem de pessoas, proteção perimetral, análise comportamental, rastreamento de objetos e até mapa de calor. Em uma escola, grande ou pequena, a segurança dos alunos é fundamental, ainda mais quando se tem algum cenário de risco. Saber quantas pessoas entraram e quantas saíram de um local, por exemplo em um possível alarme de incêndio, é essencial para todos. Tudo isso um sistema de segurança eletrônica bem elaborado é capaz de monitorar.

Em respeito a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), com a retomada após a vacinação em massa, muitas escolas e faculdades irão se adequar para proteger seus alunos e sua equipe. Com isso, um projeto de controle de acesso bem elaborado é essencial em qualquer cenário.

*Marcos Torres é diretor da Techsharp Telecomunicações.

Comments are closed.