O uso da tecnologia no combate a crimes

0

Receba atualizações em tempo real direto no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Por Antônio José Claudio Filho, Diretor Comercial da Bycon

Engana-se quem acha que os avanços tecnológicos estão restritos às grandes corporações. Basta que uma grande empresa apresente um novo produto ou serviço, resultado de pesquisas e investimentos tecnológicos de ponta, para que haja, em contrapartida, pessoas interessadas em meios de burlá-los, principalmente quando estão a serviço da segurança patrimonial.

Empresas investem em sistemas de segurança e os atualizam constantemente, mas nenhum estabelecimento comercial necessita mais de equipamentos de ponta para surpreender os criminosos do que os bancos. Vítimas de ataques constantes, sobretudo aos caixas eletrônicos, não é raro encontrar notícias sobre explosões e arrombamentos.

A tecnologia para a segurança de caixas e, sobretudo, dos usuários evoluiu muito. Reconhecimento de digitais, câmeras de segurança cada vez mais potentes, dispositivos que mancham as notas já estão presentes em praticamente todas as agências bancárias, mas não há como manter estes equipamentos sem dar um próximo passo.

Estudos demonstram que a maioria dos furtos leva menos de 3 minutos, enquanto o tempo necessário para a chegada da polícia após o acionamento de um alarme é geralmente de 15 minutos. A partir desta consideração fica evidente o quão é importante a proteção nos primeiros 20 minutos.

O que não pode ser visto, não pode ser roubado
Dentre as mais recentes soluções disponíveis no mercado está o sistema de névoa, que cria uma barreira visual física à ação dos criminosos. E na liderança desta nova maneira de proteção, a italiana UR Fog, representada pela BYCON no Brasil, apresenta um novo sistema com névoa muito mais densa e de disparo muito mais rápido. Quando pensamos em segurança patrimonial a velocidade de resposta é fundamental para o sucesso da ação.

Diferente do que possa se imaginar, com o sistema de névoa nenhum tipo de resíduo ou poeira é deixado após o disparo. Os rigorosos testes e processos de certificação do fluído de névoa garantem um produto não tóxico para pessoas ou animais. Ou seja, após o uso o acesso de pessoas, clientes, está liberado.

Com uma tecnologia superior, o dispositivo italiano apresenta duplo cilindro e sistema de disparo patenteado, fácil para trocar e por ser de uso único, não precisa ser recarregado. A densidade de névoa UR Fog não se compara com outros sistemas existentes.

Além disso, tem baixo custo de reposição.

Com a fabricação da tecnologia no Brasil, os custos caíram muito viabilizando a instalações destes equipamentos no varejo em geral. É mais barato que o possível roubo de dois celulares ou de um notebook, que pode ser evitado utilizando-se desta tecnologia.

As ações de vandalismo e furtos podem acontecer a qualquer momento. Se criminosos utilizam a tecnologia para realizar novas modalidades de atentados, cabe à indústria de segurança se precaver e criar novas e mais completas maneiras de prevenção com resposta imediata e não letal.

Website: http://www.bycon.com.br/

Deixe uma Resposta

CREDENCIAMENTO DISPONÍVEL

Garanta sua credencial gratuita e participe do evento mais esperado para o setor de segurança na América Latina.
CREDENCIE-SE J!
close-link