Softwares de gestão de veículos usam IoT para melhorar tempo de atendimento médico

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Um dos grandes desafios no atendimento prestado por socorristas da área de saúde é reduzir o tempo de deslocamento da ambulância, do local do acidente ou qualquer outra ocorrência, até o hospital.  Afinal de contas, alguns minutos a menos no trânsito podem salvar vidas. Esta situação tem mudado com o apoio de softwares de gestão de frotas, desenvolvidos para rastrear e monitorar a rotina de logística de diferentes tipos de veículos, que passam a utilizar a tecnologia da Internet das Coisas (IoT).

Dessa forma, um veículo que normalmente não seria capaz de enviar informações sobre si mesmo para uma central, se torna parte de uma rede online. Assim, é possível otimizar as operações e diminuir os riscos da coleta ao transporte de material biológico e de pessoas.

Em São Paulo, a startup de gestão de frotas Cobli trabalha em parceria com a Transtour, empresa do mercado de transportes e logística, para resolver essas questões. A Cobli oferece à Transtour um dispositivo que é conectado aos veículos. Esse aparelho permite aos profissionais por trás da logística da empresa acompanhar toda a jornada dos carros da frota.

No caso do transporte dos materiais biológicos, traçar as rotas mais curtas garante a vida útil de tudo o que foi coletado. E para o traslado de remédios, o tempo entre a expedição e a chegada do veículo a um local específico para o armazenamento correto pode ser crucial para preservar sua duração.

Comments are closed.