Mercado de trabalho para profissionais de tecnologia será ampliado nos próximos cinco anos, aponta SENAI

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O trabalho em casa vem ganhando mais adeptos durante a pandemia, e também tem acelerado as tendências que impactam o mundo profissional. Algumas empresas já manifestaram intenção de manter pelo menos parte de seus empregados a distância depois que a Covid-19 for vencida. De acordo com estudo do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional), a previsão é que surjam, em até cinco anos, novos profissionais para responder, por exemplo, à maior necessidade por internet ultrarrápida. 

 

Na lista estão o analista de soluções de alta conectividade e o orientador de trabalho remoto. Profissões já existentes também ganham mais fôlego e devem ter demanda aumentada, como os técnicos em mecatrônica e em telecomunicações. O levantamento do SENAI também indica que as empresas apostem mais em tecnologias da Indústria 4.0, caso persista a necessidade do distanciamento social, e em internet das coisas (IoT), big data e inteligência artificial devido aos novos hábitos de consumo digital dos brasileiros.

 

Em sintonia com esta nova realidade, o SENAI abriu vagas em cursos de aperfeiçoamento que vão dialogar diretamente com as demandas que deverão surgir no pós-pandemia. Conhecimentos fundamentais da Indústria 4.0, como robótica colaborativa, computação em nuvem e digitalização de processos são algumas das novidades entre os cursos que passam a ser oferecidos. Acesse a plataforma Mundo SENAI para mais informações. 

 

Comments are closed.