Telemetria torna o sistema de rastreamento mais eficiente e gera economia à empresa

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O uso da telemetria em segmentos específicos no rastreamento veicular amplia a coleta de dados da frota de uma empresa, gerando custos menores e possibilitando uma melhor gestão dos veículos. De acordo com Renata Poliana Vieira, consultora ABESE – Associação Brasileira das Empresas de sistemas Eletrônicos de Segurança, além da localização de um caminhão de entrega, por exemplo, a telemetria é capaz de garantir a manutenção preventiva, consumo de combustível e até a forma como o motorista conduz o veículo.

Com mais de nove anos no mercado de segurança com foco em Rastreamento, Renata foi a consultora do curso de Telemetria/Rastreamento, oferecido pela ABESE em janeiro. Mestre em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento com ênfase em Inovação Tecnológica, ela lembra que a telemetria ainda é pouco usada pelas empresas brasileiras. “Os empresários não conseguem ver que o sistema ajuda na expansão do negócio, através de soluções avançadas e diferenciadas no mercado de rastreamento”.

A telemetria, segundo Renata, é basicamente a medição de dados para uma central de monitoramento que a empresa monta para acompanhar e saber como está a operação dos veículos, a condução dos motoristas, o consumo de combustível, as rotas realizadas, o ranking dos melhores e piores condutores e controlar indicadores importantes como: excesso de velocidade, freadas e acelerações bruscas, RPM excessivo e motor ocioso. “Isso traz grandes resultados em economia e segurança para a frota”.

A empresa vai precisar de equipamento um pouco mais avançado, mas o valor pago, de acordo com Renata, é compensado pelas vantagens do sistema. “O equipamento tem um custo de aproximadamente US$ 200”.

Vantagens

Renata explica que existem muitas vantagens da telemetria sobre o simples rastreamento. “Com a telemetria, por exemplo, você consegue saber quem são seus melhores e piores motoristas, acompanhando a maneira como eles estão conduzindo os veículos”, explicou. “Assim o empresários saberão quais podem passar por um programa de bonificação ou aqueles que precisam de requalificação ou treinamento”.

Outra vantagem apontada pela consultora é a captação de informação dos veículos, podendo determinar o momento de uma revisão preventiva, evitando sua parada por problemas mecânicos, como está o consumo de combustível, para planejar consertos no sistema de alimentação, ou corrigir rotas mais longas por mais curtas.

Comments are closed.